top of page

Fim da Temporada Turística de Observação de Baleias 2022

Autor: Anna Flavia Sacchetto - Projeto Amigos da Jubarte


É hora de dar tchau! No mês de novembro as baleias-jubarte começaram o seu retorno de cerca de 4 mil km para as águas da Antártida, onde iniciarão o seu ciclo de alimentação.



A temporada turística deste ano deu o que falar! Cerca de 25 mil baleias passaram pelas águas do litoral brasileiro entre os meses de junho a novembro. Com muitos comportamentos aéreos e interações bem próximas às embarcações, podemos afirmar que esta foi a melhor temporada dos últimos tempos!


As baleias-jubarte este ano chegaram mais cedo do que o previsto, vieram mais curiosas, empolgadas e em grupos maiores. Normalmente, as temporadas turísticas possuem o seu “boom” no mês de setembro, mas este ano, para os pesquisadores e turistas, o auge da temporada turística de observação de baleias com toda certeza foi em julho, estendendo-se até meados de outubro!



Segundo Luan Amaral, pesquisador do Jubarte.Lab, nesta temporada notou-se que as baleias tiveram mais interações com os turistas do que nos últimos anos, se aproximaram mais, diversos comportamentos aéreos foram registrados, e até “selfies” com as jubartes foram feitas pelos turistas.


Este ano, cerca de 710 turistas realizaram o passeio para ver baleias com a agência parceira Aves Voando Alto. Em virtude das condições climáticas, muitos passeios tiveram que ser cancelados ou remanejados, ainda assim, esse ano tivemos 30 cruzeiros turísticos, sendo realizados por 4 embarcações diferentes, todas homologadas pela Capitania dos Portos do Espírito Santo.





Entre baleias e golfinhos, foram observados 514 indivíduos, sendo 404 baleias-jubarte, 1 baleia-minke e 109 golfinhos, distribuídos em 174 grupos, em diversas composições sociais, dentre solitários, duplas (mais frequentes), trios, fêmeas com filhotes, grupos e grupos competitivos.





O tempo total de navegação em todos os cruzeiros foi de 207 horas, e o número de cetáceos (baleias e golfinhos) avistados foi de quase 3 indivíduos a cada uma hora de navegação. Em comparação aos últimos anos, esse número aumentou em 1 indivíduo.


Foram registradas 32 fêmeas com filhotes nesta temporada, o dobro do número registrado na Temporada 2021, indicando um aumento na taxa de natalidade da população.


Para Bruna Rezende, coordenadora turística do projeto, o turismo de observação de baleias é uma importante ferramenta de conservação, durante o percurso de oito horas, os pesquisadores têm a oportunidade de conscientizar os turistas, que voltam para casa sensibilizados com a causa ambiental em prol da baleia-jubarte e toda a fauna marinha.


Além disso, essa atividade gera renda na cadeia produtiva do mundo todo. No Espírito Santo não é diferente, esse ano os gastos de cada participante com transporte, alimentação, hospedagem, souvenirs e passeios, giraram em torno de R$840.000,00, contribuindo com a economia do Estado do Espírito Santo.


Não pensem que acabou! É o fim da temporada turística de observação de baleias de 2022, o Projeto Amigos da Jubarte/Jubarte.Lab e Golfinhos do Brasil trabalha agora na consolidação das novas rotas turísticas de verão, que incluirá a observação de golfinhos e aves, além de mergulho recreativo na Baía das Tartarugas e contemplação do manguezal da Grande Vitória.


Compartilhe essa matéria com seus amigos!


Siga o Projeto Amigos da Jubarte em nossas redes sociais:

Instagram: @amigosdajubarte

Facebook: Amigos da Jubarte

Youtube: Amigos da Jubarte


Siga também o Projeto Golfinhos do Brasil:

Instagram: @golfinhosdobrasil


Para receber atualizações do Projeto Amigos da Jubarte por e-mail, se inscreva em nosso site!


--

Para aqueles que tem interesse em ver as baleias em Vitória - Espírito Santo em 2023, é só entrar no site do Projeto Amigos da Jubarte pelo link: www.queroverbaleia.com


O Projeto Amigos da Jubarte é uma realização do Instituto O Canal em parceria com a Vale, patrocínio do Banestes e apoio da UFES e da agência de turismo AVES.















62 views
bottom of page